ISHIDORO - LANTERNA DE PEDRA

lanterna de pedra; jardim japones

O Toro, embora tenha origem chinesa, é mais conhecido como um elemento da tradicional arquitetura japonesa e é uma lanterna que pode ser de pedra, madeira ou metal, comumente usada no jardim japonês.
Originalmente usado nos templos budistas, essas lanternas tinham a função de iluminar os caminhos e eram acesas como uma oferenda a Buda. 
Durante o período Azuchi-Momoyama(1568-1600), as lanternas de pedra foram popularizadas pelos mestres de cerimônia do chá, que usavam elas como elemento decorativo em seus jardins.
Atualmente, eles são elementos indispensáveis no jardim japonês moderno e têm  função puramente ornamental e são colocadas ao longo de caminhos ou perto do elemento água.

Os Toros podem ser classificados em dois tipos principais:
- o tsuri-doro, ou Lâmpada pendurada,  que normalmente pende do beiral de um telhado,
lanterna para jardim japones

- e o dai-doro, utilizado em jardins.
lanterna de pedra; jardim japones

Ishidoro modelo Yukimi no jardim japonês

  
O tipo mais comum e conhecido  de dai-doro é o Ishidoro- a lanterna de pedra.
Em sua forma completa original, o dai-doro é formado por 5 partes que representam  os 5 elementos da cosmologia budista.  A parte inferior tocando o chão, representa  a terra; a próxima seção representa a água; a luz representa o fogo, e a parte superior da lanterna que lembra um chapéu e a bolinha voltada para o céu, representam o ar e o espírito (alma).