JARDINS DE MUSGO

musgo no jardim japonês
Durante anos, o musgo foi um elemento presente nos projeto de jardim japonês, mas apenas como elemento secundário, seja para dar uma aparência mais vivida, ou para preencher os espaços vazios.
Um dos mais famosos Jardins de Musgo do Japão é conhecido como Kokedera, e faz parte do Templo Zen Budista Saiho-ji, em Kyoto.
musgo no jardim japonês
O Saiho-ji foi construído durante o Período Nara como um templo dedicado ao Buda Amida.  Mais tarde foi renomeado como Santuário Shintoísta, e no século 13, foi novamente convertido como um Templo Zen Budista. Desde a sua criação, por várias vezes, o templo caiu em desuso, ou foi devastado por incendios e enchentes. Para não cair no abandono, durante séculos, vários projetos de revitalização foram feitos até chegar a sua forma atual. 
Ironicamente, o Jardim de musgo   pelo qual  o templo é conhecido não era parte do seu projeto original . De acordo com a história, no século 14, o jardim era formado por ilhas cobertas com areia branca. O musgo veio muito mais tarde, por conta própria, durante a era Meiji (1860-1912), quando o mosteiro não tinha recursos suficientes para manutenção. 
Hoje o Saihoji  é mais conhecido como Kokedera (Templo de Musgo), e faz parte do Patrimônio Mundial da UNESCO. Estima-se que em toda a extensão , existem mais de 120 variedades diferentes de musgo. Os visitantes do templo podem caminhar através deste espectacular tapete verde, que influenciou fortemente os projeto de vários jardins japoneses subseqüentes.
Dos Jardins de Musgo modernos, o mais famoso é o Jardim do Templo Budista Tofuku-ji, também em Kyoto, desenhado pelo arquitecto paisagista Mirei Shigemori em 1930. A estética proposta por Shigemori  nesse jardim de musgo foi  emblemática para a renovação de princípios de jardinagem japonesa no século 20.
Nesse templo, além dos Jardins de Musgo, há um grande número de bordo japonês, e  durante a estação do outono, é tradicionalmente o local mais procurado pelos  japoneses  para ver e fotografar as folhas vermelhas do outono. 

musgo no jardim japonês
Jardim de musgo projetado pelo arquiteto Mirei Shiguemori

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentário, sugestões e correções: deixe seu recado aqui.